sexta-feira, novembro 23, 2007

Não fique em Casa!


COVILHÃ
Sexta-feira - 21:30 - Recital de Acordeão e Piano - Conservatório Regional de Música da Covilhã
Sexta-feira - 21:30 - ASTA estreia "A bruxa era muito bonita". "A bruxa era muito bonita", produção conjunta da ASTA – Associação de Teatro e Outras Artes e Cecilia Gómez, estreia hoje no Teatro Cine da Covilhã. O espectáculo da companhia covilhanense e da actriz e bailarina argentina pode ainda ser vista no sábado e quinta-feira, dia 29. As apresentações são sempre às 21h30. “Conta também com sessões para a família nos dias 2 e 9 de Dezembro, no mesmo local, mas desta vez às 15h00”, anuncia a ASTA que pretende “aproximar as crianças do teatro”. Para isso, permite entrada livre para os mais novos, quando acompanhados pelos familiares.
Domingo - Ballet - 21:30 - O Teatro Cine da Covilhã recebe o bailado “A BELA ADORMECIDA” pelo Ballet Estatal da Ópera de Bashkir, Rússia. O espectáculo baseia-se num conto do século XVIII, do escritor Charles Perrault, sobre uma princesa que é enfeitiçada para dormir, até que um príncipe encantado a desperte com um beijo de amor.
FESTIVAL de TEATRO da COVILHÃ
Sexta-feira, é a vez da companhia Al-MaSRAH levar à cena a peça “A tua ternura Molotov”, também às 21 e 30. No dia 24 - sábado, às 21 e 30, a companhia Artistas Unidos sobe ao palco com a peça “Stabat mater”. No dia 29 - quinta, é a vez do ACERT apresentar a peça “Duas histórias de solidão. Duas histórias a sós”.No dia 30 - sexta, pelas 21 e 30, o palco da sala estúdio do GICC-Teatro das Beiras recebe a companhia CENDREV com a peça “O valentão do mundo ocidental”No dia 1 de Dezembro - sábado, é a vez do Teatro de Marionetas do Porto apresentar “Miséria”, às 21 e 30. A não perder.
FUNDÃO
Sábado - No dia 24 de Novembro, pelas 21 e 30, terá lugar no Auditório da Moagem-Cidade do Engenho e das Artes, no FUNDÃO, o espectáculo “ L’écho de mon corps répété dans le battement d’une aile murmurante” com concepção coreográfica, interpretação e cenografia de Francis Plisson e criação musical e interpretação de Carlos Zíngaro.
SUGESTÃO
Visite aos campos dourados de Outono que por esta Região são magnifícos!

2 comentários:

ap disse...

Penso que o recital de piano e acordeão terá sido na quinta-feira e, apesar de não ter lá estado, tenho quase a certeza da excelência do concerto, pois já tive a oportunidade de observar a qualidade dos intérpretes: um pianista "de garra" e uma acordeonista do melhor que tenho ouvido nos últimos tempo. Uma jovem a seguir de perto ;)

ap disse...

E, já agora, lembro que ontem (sábado) se realizou também um concerto em Belmonte, em homenagem ao antigo director da escola de música e com a participação de vários professores e amigos. Não é assim?